quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Sarau E. E. Maria Ilydia de Resende Andrade

A porta
(Vinícius de Moraes)

Sou feita de madeira
Madeira, matéria morta
Não há nada no mundo
Mais viva que uma porta

Eu abro devagarinho
Pra passar o menininho
Eu abro bem prazenteira
Pra passar a cozinheira
Eu abro de supetão
Pra passar o capitão

Eu fecho a frente da casa
Fecho a frente do quartel.






Legenda

1-
2- Biografia de Manuel Bandeira
3- Meninos carvoeiros Manuel Bandeira
4- Biografia de Cecília Meireles
5- O menino azul Cecília Meireles
6- 
7- Biografia de Fernando Pessoa
8- Biografia de Vinícius de Moraes
8.1- A porta Vinícius de Moraes
9-